Por que “Labirinto invisível”?

Olá;

Antes de mais nada, bem-vindo ao meu blog.  Agradeço a visita, já aproveitando para convidá-l@ a voltar sempre.

Pra você que tem curiosidade de saber de onde tirei o título, a história foi a seguinte: desde que pensei em dar início ao blog – voltado principalmente para a literatura – quis encontrar um título que tivesse a ver com o ato da escrita. Depois de passar por muitas páginas de livros e da internet, e depois de ter muitas ideias rejeitadas pelo meu próprio bom senso, me deparei no conto “O milagre secreto”, do Jorge Luís Borges, com a tal expressão.

Pra quem nunca leu essa pequena joia da literatura, trata-se da história de um condenado à morte que no exato momento em que vai ser fuzilado recebe o tal milagre de Deus. O tempo para, e o protagonista ganha, dentro desse segundo antes dos tiros, um ano todo para terminar um livro em sua cabeça.

Borges, ao descrever o processo de concepção do livro na cabeça do personagem, diz o seguinte:

“Minucioso, imóvel, secreto, urdiu no tempo seu alto labirinto invisível.”

É uma das definições mais bonitas que eu já vi para o ato da criação. Como qualquer pessoa que escreve deve saber, é também uma das mais precisas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s